Fato Nº 15

Cardeal Grigor Petros XV Agagianian foi candidato a Papa em 1958 e 1963.

Um dos aspectos da diversidade da nação armênia é a existência de uma Igreja Católica Armênia em plena comunhão com o Vaticano. Entre os clérigos mais renomados desta tradição está Grigor Agagianian (Krikor Aghajanian), que subiu para o posto de cardeal da Igreja Católica Romana.

Agagianian nasceu em 1895 em Akhaltsikhe, na atual Geórgia, durante o Império Russo na época. Ele recebeu sua educação em Roma entre 1906 e 1918, depois voltou para sua terra natal, servindo a comunidade católica armênia de Tiflis (Tbilisi, capital da Geórgia hoje). Ele voltou a Roma logo depois de terminar de ensinar, e tornou-se evidente que, como as autoridades soviéticas haviam assumido o Cáucaso, Agagianian não seria capaz de voltar. Sua grande erudição e trabalho no clero o levaram para o Líbano, onde a liderança católica armênia se encontrava após o Genocídio, e onde Agagianian acabou servindo como Catholicos-Patriarca, ou seja, o chefe da Igreja Armênia Católica, de 1937 a 1962.

Embora tenha havido mais um armênio Cardeal registrado no passado recente – outro Catholicos-Patriarca, Anton Petros IX Hassounian, que serviu até o final do século XIX – o cardeal Agagianian deixou uma marca muito maior em Roma. Diz-se que, em duas ocasiões, em 1958 e em 1963, ele era um dos favoritos nos conclaves para eleição um novo Papa, e é até mesmo afirma-se que ele foi eleito em 1963, mas declinou. Uma conexão com a KGB também é colocada como motivo, uma vez que sua terra natal estava dentro da URSS. Segundo o historiador Ara Sanjian, tais rumores são, infelizmente, impossíveis de comprovar, devido à natureza da questão. Em particular, as candidaturas para o papado, contagem de votos, e outros detalhes são segredos bem-guardados pelo Vaticano. No entanto, a forte posição que Agagianian teve nos mais altos círculos da Igreja Católica é indiscutível.

Mais de quarenta anos depois de sua morte, em 1971, o cardeal Agagianian é lembrado como um príncipe da Igreja, que atuou como um rei para os católicos armênios ao redor do mundo durante sua vida.


Referências e Outras Fontes

1. Ara Sanjian. An Armenian As Pope? (A British Diplomatic Report on Cardinal Agagianian, 1958)
2. Armenian Catholic Church. “Biography of Gregory Petros XV Agagianian (1937-1962)
3. Tom Vartabedian. “The Armenian Cardinal and His Servant”, The Armenian Weekly, February 6, 2012
4. Wikipedia: “Grégoire-Pierre Agagianian


Artigo Original

100y100f_015_CardinalAghajanian

Legenda da Imagem

Cardeal Agagianian, no meio, ao lado de dois clérigos católicos poloneses armênios, Roma, 1958.


Atribuição e Fonte

Por Foundation of Culture and Heritage of Polish Armenians [CC-BY-SA-3.0], via Wikimedia Commons


Fatos Recentes