Fato Nº 72

A Mansão Manoogian é a residência oficial do prefeito de Detroit

Há um punhado de nomes que estão sendo encontrados em várias comunidades da diáspora arménia, seja nos nomes de escolas em Montreal, Buenos Aires, Teerã, ou Sydney, ou na lista de benfeitores de igrejas ou outros estabelecimentos da comunidade nesses lugares, para não falar na própria República da Armênia. O nome de Alex Manoogian é, talvez, o mais alto nessa lista.

A família Manoogian atuava no ramo de atacado de grãos em Smyrna, no Império Otomano (Izmir, na Turquia de hoje), onde Alex – muitas vezes chamado de “Alec” em armênio – nasceu em 1901. Na sequência do Genocídio Armênio, mas antes dos horrores que atingirem sua terra natal, Manoogian chegou em Connecticut através de Ellis Island, em 1920, e chegou em Detroit, Michigan em 1924. Sua história foi um clássico sonho americano: se aventurar pelo Novo Mundo com apenas alguns pertences e abundância de espírito. E o sonho se tornou realidade quando, trabalhando primeiro na indústria automobilística, ele co-fundou e conduziu mais tarde o que se tornou a Masco Corporation.

A grande surpresa veio quando ele teve a chance de aperfeiçoar o desenho da torneira Delta – o modelo que hoje está em inúmeras pias, que pode ser usado com uma mão, tanto para água quente e fria. Este foi um produto revolucionário para 1954, e Masco se beneficiou muito com ele. O que já era um negócio em crescimento prosperou e expandiu suas operações, e continua hoje presente no mercado mobiliário.

Além de engenharia e do empreendedorismo, Alex Manoogian foi um grande filantropo, tanto em seu país de origem de adoção e para seu próprio povo. Ele presenteou sua casa em 1966 para a cidade de Detroit, que usa a Mansão Manoogian, como tem sido chamada, como a residência oficial do prefeito. O financiamento da família Manoogian também chegou a inúmeras instituições públicas, especialmente em Michigan, como a Wayne State University. Alex Manoogian foi reconhecido por seus esforços por mais de uma ocasião, recebendo, por exemplo, a Medalha de Honra Ellis Island, em 1990 – uma premiação para os americanos de várias origens que fizeram contribuições significativas para os Estados Unidos.

Acima de tudo, os esforços de Alex Manoogian foram voltados para a comunidade armênio-americana e a diáspora armênia. Ele serviu como presidente da União Geral Armênia de Beneficência (AGBU) por 36 anos, durante o qual o trabalho desta grande organização armênia em disseminação cultural e educacional e em desenvolvimento de comunidades, fundando e consolidando tais instituições centrais como escolas e igrejas. Na Armênia, há uma grande estrada com o nome de Manoogian na capital, Yerevan. A República da Armênia também conferiu o título de Herói Nacional a Alex Manoogian em 1995. Ele foi um grande benfeitor da Mãe Sé de Etchmiadzin, o Museu do Tesouro o qual – construído em 1982, durante a era soviética – leva o nome Manoogian.

Alex Manoogian faleceu em Detroit em 1996, e mais tarde foi re-enterrado com sua esposa, Marie, com todas as honras em Etchmiadzin em 2007.


Referências e Outras Fontes

1. Masco. “A Heritage Built on the American Dream
2. Lawrence Van Gelder. “Alex Manoogian, 95; Perfected Design of Single-Handled Faucet”, The New York Times, July 13, 1996
3. “Alex and Marie Manoogian Interred in Holy Etchmiadzin”, Mother See of Holy Etchmiadzin, Information Services. July 17, 2007
4. Wikipedia: “Alex Manoogian


Artigo Original

100y100f_072_AlexManoogian

Legenda da Imagem

A Igreja Armênia São João, em Southfield, Michigan – uma das inúmeras igrejas armênias financiadas pela família Manoogian


Atribuição e Fonte

Por Dave Parker (Own work) [GFDL or CC-BY-3.0], via Wikimedia Commons


Fatos Recentes